Morrer em ti...renascer em nós.

Deste canto,desencanto, onde a Lua gela e o Sol se esvai,gota a gota,ampulheta de palavras,sentidos ressentidos,folhas de papel escrito que rasguei da pele,metade que de mim arranquei,impotência tecida entre as mãos ,e a voz que se cala,amôr renunciado gota a gota,deserto do te querer tanto,água da minha boca,sequiosa,a calar a sede dos sentidos,corola aberta no silêncio das noites,mêdo de Sol e das marés...

-BASTA!!!!

-Agora que me ouçam os duendes,os gnomos e as fadas,os fantasmas,as crisálidas e as borboletas,a memória,as palavras e os receios,os anjos e o podêr todo do Universo:-Eu só quero Paz;a paz de poder sentir e poder dizê-lo,a paz de poder partilhar sem medo,quero um ninho tecido de ternura sempre em flôr,afago de todas as horas,em que seja Primavera vida fora,abrigo seguro das tempestades,onde tu descanses e  possas sonhar, onde te escondas e te descubras,onde as lágrimas se transformem em sorriso e onde finalmente nos possamos reencontrar...

publicado por Aga às 13:38
link do post | comentar | favorito
favorito |  O que é? |